16 julho, 2018

LEADBEATER, C. W. - O PLANO ASTRAL. Tradução de Mario de Alemquer. 2.ª edição. Lisboa, Livraria Classica Editora de A. M. Teixeira & C.ª (Filhos), 1925. In-8.º (19cm) de 174, [2] p. ; B. Biblioteca do Teosofista - VII : Os Sete Manuais da Teosofia, V
"Todos nós, embora na maior parte não tenhamos dado por isso, vivemos no seio dum vasto e populoso mundo invisível. Quando dormimos ou quando no estado de êxtase, os nossos sentidos físicos entram momentãneamente num estado de inacção, podemos até certo ponto ter a consciência dêsse mundo e muitas vezes acontece trazermos, ao despertar, recordações mais ou menos vagas, do que lá vimos e ouvimos. Quando, por ocasião dessa transição a que vulgarmente chamamos morte, o homem se despoja totalmente do corpo físico, é nesse mundo invisível que êle ingressa e lá fica vivendo durante os longos séculos que medeiam entre as suas incarnações nesta existência terrestre."
(Excerto da Introdução)
Índice:
Introdução. O Scenario. Os Habitantes. I - Humanos: A) Os Vivos; B) Os Mortos. II - Não-Humanos. III - Artificiais. Fenómenos. Conclusão
Charles Webster Leadbeater (1854-1934). "Foi sacerdote da Igreja Anglicana e Bispo da Igreja Católica Liberal, escritor, orador, maçom e uma das mais influentes personalidades da Sociedade Teosófica."
(Fonte: wikipédia)
Exemplar brochado em bom estado geral de conservação. Capas frágeis com manchas e pequenos defeitos.
Invulgar.
Indisponível

Sem comentários:

Enviar um comentário