06 junho, 2018

MENDES, Victor - A DEFESA DE SANTO ALEIXO. (Episodio historico das campanhas da Restauração). Lisboa, Livraria Editora J. Rodrigues & C.ª, [192-]. In-8.º (18,5cm) de 23, [1] p. ; B.
1.ª edição.
Novela histórica na sua edição original, seguramente, com tiragem reduzida. Foram publicadas mais duas edições.
"Santo Aleixo da Restauração é uma aldeia portuguesa situada no concelho de Moura, sub-região do Baixo Alentejo. Foi um importante fortim durante a Guerra da Restauração devido à defesa e neutralização de duas campanhas espanholas, em 1641 e 1644, sendo por isso homenageada como aldeia heróica no Monumento aos Restauradores, em Lisboa, e agraciada com o denominação "da Restauração" pela República em 1957."

(Fonte. wikipédia)
"O barão de Mollingen deixára esfarrapado o quixotesco orgulho nas espadas victoriosas dos portuguezes de Montijo, e fugindo desordenadamente, levára ao marquez de Torrecusa e á côrte de Castela a tremenda nova da derrota dos tercios hespanhoes, com que ele pretendera vir implantar, em terras portuguezas, o dominio castelhano, quatro anos antes abatido, nas ruas de Lisboa, pelo sentimento patriotico dos conjurados do palacio d'Almada.
O seu espirito de vaidoso fanfarrão pensou n'um gésto reabilitador do estandarte de Castela. Pede, a Torrecusa, a mercê do comando de um novo exercito, apresta um corpo guerreiro de cinco mil homens de infantaria e mil e oitocentos cavaleiros, e marcha a caminho de Portugal.
Era a missão de desforra do desastre de Montijo, onde a gente luzitana havia traçado, em caractéres  de heroismo, uma das mais soberbas epopêias da independencia nacional."
(Excerto do texto)
Exemplar brochado em bom estado de conservação. Capas oxidadas, com particular incidência na capa posterior.
Raro.
20€
Reservado

Sem comentários:

Enviar um comentário