28 março, 2017

AOS MUTILADOS DE SACAVEM. Os Officiaes do seu Regimento. Lisboa, Lithographia Guedes : Typographia Castro Irmão, 1886. In-4.º (24,5cm) de 16 p. ; mto il. ; B.
1.ª edição.
Bonita peça bordaliana. Opúsculo publicado pelos oficiais do 4.º Regimento de Artilharia a título de solidariedade, e em favor de dois camaradas feridos num acidente ocorrido em Maio de 1886 que os deixariam estropiados.
Obra belissimamente ilustrada ao longo de todas as páginas de texto por Rafael Bordalo Pinheiro. As capas são também da sua responsabilidade.
Emprestaram a sua colaboração, através de textos em poesia e em prosa, algumas conhecidas figuras do meio literário da época, entre outros, Tomás Ribeiro, José Ferreira da Cunha Júnior, Rodrigues da Costa, Zeferino Brandão e Assis de Carvalho. Inclui o resumo cronológico do 4.º Regimento de Artilharia
"E um grande heroismo a obediencia; e quanto maior em tempos, em que tão grandiosa se ostenta a liberdade humana!
Pois não é essa obediencia, ás vezes mais sublime que o commando, a que faz os maiores heroes - aquelles que não sabem que o são? Não é ella quem faz sorrir dos perigos? Não é ella quem idealisa o dever?
Foi a patria buscal-os - a esses infelizes soldados - aos enlevos das aves da aldeia, aos canticos das alvoradas campesinas. Mandou-os servir, sem consciencia do dia de amanhã, nas fileiras dos regimentos, que repousam agora indifferentes sobre as tradições de gloriosas batalhas, mas que podem, n'um dia de provação, ter que honrar esta terra, esta bandeira, este nome, que as nações repetem com enthusiamo ao lerem a epopeia da civilisação ou a historia da redempção humana."
(excerto de A odediencia, Rodrigues da Costa)
Exemplar brochado em bom estado de conservação.
Raro.
Peça de colecção.
40€

Sem comentários:

Enviar um comentário