31 agosto, 2016

RAPOSO, Ignacio - A TOMADA DO ALMOUROL (Poema Epico Relativo á Fundação de Portugal). Rio de Janeiro, Companhia Brasil Editora, 1939. In-8.º (19,5cm) de 415, [3] p. ; [1] f. il. ; E.
1.ª edição.
Interessante obra poética em X Cantos. 
I - Amor sacrilego. II - Sessão dos Templários. III - A Promessa do Emir. IV - A Vingança do Magico. V - Em Busca do Alemtejo. VI - O Trevo da Felicidade. VII - A marcha gloriosa. VIII - Luas e Cruzes. IX - A Victoria da Cruz. X - O Monge de Refoyos.
Ilustrada com o retrato do autor em extratexto.
Obra dedicada por Inácio Raposo "Á Memoria do Condestavel D. NUN'ALVARES PEREIRA Flor da Cavallaria, Gloria de Portugal, preito de veneração do Ultimo Troveiro."
A derradeira parte do livro inclui um extenso "Diccionario dos nomes proprios, adjectivos gentilicos, palavras arabes e expressões historicas que se encontram no poema".
Inácio de Viveiros Raposo (Alcântara, Maranhão, 1875-1944). “Poeta, jornalista, desenhista e político brasileiro. Formou-se em arquitetura pela antiga Academia de Belas-Artes. Jornalista na cidade do Rio de Janeiro, fez parte da redacção do Jornal do Brasil. Foi também professor de Filosofia do Direito e de Metafísica, na Faculdade do Rio de Janeiro. Como Deputado destacou-se pela luta em defesa dos trabalhadores. Escreveu em quase todos os géneros literários; os seus poemas abordavam temas sobre mistérios, tragédias e comédias.”
(fonte: www.domingocompoesia.com.br)

Encadernação editorial cartonada revestida com cobertura a duas cores, estando representado na capa frontal o mítico Castelo de Almourol.
Raro.
A BNP tem recenseado apenas um exemplar.
45€

Sem comentários:

Enviar um comentário