01 março, 2017

BOUVIER, Alexis - OS DRAMAS DA BIGAMIA. Traducção de Luiz de Silva. Lisboa, Companhia Editora de Publicações Illustradas, 1892. In-8.º (16cm) de 282, [2] p. ; E.
1.ª edição.
Curiosa novela erótica do final do século XIX.
"Esvasiava-se pouco a pouco a vasta sala dos Passos Perdidos, do palacio da Justiça; ao vae-vem dos preiteantes, dos advogados, dos procuradores e dos curiosos, á tagarellice d'uns e d'outros, succediam-se a tranquillidade e o silencio. Todos os farçantes que o uso ridiculo obriga a disfarçarem se para calumniar o cliente do adversario, precipitavam-se para o vestiario, apressando-se em se desembaraçar do seu costume para voltarem a ser homens. Ao mesmo tempo que deespiam a toga pareciam arrancar a mascara; sahiam do vestiario transformados, vestes, modos e rosto.

Emquanto elles reappareciam sorridentes e satisfeitos, a pobre gente que tinham defendido suspirava triste, esmagada, amaldiçoando juizes e advogados. O ruido surdo do bater das portas era a unica cousa que perturbava o silencio. Os guardas dormitavam nos bancos: tendo terminado as sessões em todas as salas, apenas esperavam o levantar d'uma audiencia do civel para fecharem o palacio."
(excerto do Cap. I, A sentença)
Indice:
I - A sentença. II - O escandalo. III - Pobre marido. IV - Em casa de Davilson. V - Colette. VI - Os dois namorados. VII - Uma noite de nupcias. VIII - O cadaver. IX - Idyllio. X - As duas amigas. XI - A entrevista. XII - Palestra intima. XIII - O plano de Davilson. XIV - Roubo simulado. XV - O artigo do jornal. XVI - Alta comedia. XVII - A viuvinha. XVIII - Uma carta de Suzanna. XIX - Astucias de mulher. XX - Vista retrospectiva. XXI - Entre noivos. XXII - A partida. XXIII - No meu lindo castello. XXIV - A carta anonyma. XXV - Colhendo informações. XXVI - Noticias de Paris. XXVII - O morto vivo. XXVIII - Alegrias de mãe. XXIX - Vingança de mulher. XXX - A Bigamia. XXXI - Conclusão.
Encadernação em meia de percalina com ferros gravados a ouro na lombada. Sem capas de brochura.

Exemplar em bom estado de conservação. Assinatura de posse na f. rosto.
Raro.

15€

Sem comentários:

Enviar um comentário