22 novembro, 2016

PINA, Luís da Câmara - DEVER DE PORTUGAL PARA COM AS COMUNIDADES LUSÍADAS DA AMÉRICA DO NORTE. Lisboa, [s.n. - imp. Atelieres Gráficos Bertrand (Irmãos), L.da, Lisboa], 1945. In-4.º (24cm) de 73, [5] p. ; il. ; B.
1.ª edição.
Com uma carta-prefácio de Sua Eminência o Senhor Cardeal Patriarca de Lisboa.
Obra ilustrada com quadros e tabelas ao longo do texto.
"Sem estudar o pormenor da instalação dos primeiros portugueses na América do Norte e sem remontar aos grande navegadores, aos soldados e marinheiros da época dos Descobrimentos, é ponto assente que em 1654 já existiam núcleos lusíadas em New Amsterdam - hoje chamada New York.
Poucos a princípio, atraídos pela aventura ou pela riqueza, foram aumentando durante os séculos XVII e XVIII com pescadores que os azares da pesca afastavam das ilhas do Atlântico, principalmente dos Açores e da Madeira, e a perspectiva de vida melhor fixava na costa ocidental do continente americano."
(excerto do Cap. I... Valor demográfico)
Sumário:
I - Valor das Comunidades Lusíadas da América do Norte. 1) Valor demográfico; 2) Valor económico; 3) Valor religioso. II - Missão das Comunidades Lusíadas da América do Norte. 1) Conservação do Sentimento Português; 2) Expansão da Língua Portuguesa. III - Dever de Portugal. IV - Conclusões.
Exemplar brochado em bom estado de conservação. Capas oxidadas.
Invulgar.
10€

Sem comentários:

Enviar um comentário