25 julho, 2016

CORRÊA, João Pedro - MANUAL DE SIDEROTECHNIA PRATICA OU ARTE DE FORJAR E FERRAR. Por... Veterinario lavrador, Chefe de Clinica Cirurgica do Hospital Veterinario do Instituto de Agricultura de Lisboa etc. Lisboa, Typographia de Coelho & Irmão, 1869. In-8.º (22cm) de [4], III, [1], 55, [1] p. ; il. ; B.
1.ª edição.
Obra dedicada pelo autor ao Marquês de Castelo Melhor, seu protector. 
Curioso tratado novecentista, muito ilustrado com desenhos relacionados com esta arte ao longo das páginas do texto, sobretudo de ferraduras.
"A arte de forjar em Portugal, está apenas reduzida ás regras, boas ou más, segundo o mestre que as tem ditado possue mais ou menos senso commum, ou uma ligeira, deficiente, e ás vezes falsa doutrinação, recebida da leitura de alguns tratados de alveitaria, pela maior parte elaborados no tempo em que eram reduzidos a quatro todos os elementos da natureza.
Não desejamos arrogar-nos absolutamente a distincção honrosa de auctor d'esta obra, que vamos traçar, porque nem mesmo teriamos os requisitos necessarios para tanto; todavia, n'este ensaio temo-nos servido mais da observação pratica, e da reminiscencia de parte do nosso curso, do que compilações e traducções, mais ou menos fieis, dos livros já escriptos sobre a arte de ferrar.
No decurso d'este trabalho tencionámos sacrificar os termos mais scientificos á linguagem usada na pratica: só onde a não podermos absolutamente empregar, designaremos as cousas e os factos, por palavras technicas, explicando seguidamente qual a sua significação."
(excerto da introdução)
Matérias:
Introducção. I - Definição e Historia da ferradura. II - Organisação e funcções do pé do cavallo e do boi. III - Ferradura normal e cravo. IV - Forjar. V - Ferrar. VI - Ferrar a quente e a frio, e pelo processo Charlier. VII - Ferradura correctiva. VIII - Ferradura pathologica. IX - Hygiene dos pés dos animaes. X - Formulario siderotechnico. Erratas.
Exemplar brochado em bom estado geral de conservação. Capas frágeis com importantes falhas de papel. Falha de papel, igualmente, no canto inferior dto das duas primeiras e duas últimas folhas do livro.
Raro.
Peça de colecção.
Indisponível

Sem comentários:

Enviar um comentário