11 junho, 2016

MAIA, Carlos Bento da - TRATADO COMPLETO DE COZINHA E COPA. Por... Lisboa, Livraria Guimarães & C.ª, 1904. In-4.º (24cm) de [4], 726, [2] p. ; mto il. ; E.
1.ª edição em livro.
Edição original de um dos mais apreciados livros de culinária publicados entre nós.
Ilustrado com desenhos e fotogravuras nas páginas do texto.
A respeito desta obra, e com a devida vénia a Ana Marques Pereira, reproduzimos parte do excelente post publicado no blog «Garfadas on line».
"Um dos livros mais interessantes de culinária do início do século XX é o “Tratado Completo de Cozinha e de Copa".
Identificado como sendo da autoria de Carlos Bento da Maia, trata-se na verdade de um pseudónimo de Carlos Bandeira de Melo.

Mas quem era Carlos Bandeira de Melo? Os próprios editores referiam que o nome de Carlos Bento da Maia encobria um nome ilustre. Tratava-se do general Bandeira de Melo que esteve à frente do Asilo da Ajuda.
O Asilo da Ajuda era uma «Sociedade protectora dos órfãos desvalidos das vítimas da cholera morbus em 1855 e da febre amarela em 1857» (ANTT, Arquivo Burnay, Correspondência, cx.35, nº18) e esteve sob a protecção da Rainha Maria Pia.

Em escolas especiais, como foi o caso do Asilo da Ajuda, o ensino das donas de casas foi considerado modelar. Estes conceitos estavam também integrados nas preocupações com a Economia Doméstica que dava os seus primeiros passos em Portugal.
Na pessoa do General Bandeira de Melo concretizou-se a melhor forma de ensino.

Como afirmou Alfredo Alves, tratava-se de «uma alta competência no assunto; os seus livros de cozinha e de corte publicados com o pseudónimo de Carlos Bento da Maia dão-lhe um lugar de destaque entre as pessoas que se têm dedicado ao ensino doméstico». Referia-se aqui a uma outra obra sua, o «Tratado Elementar de risco e corte de roupa. O mais completo, rigoroso e prático publicado em Portugal».
Mas aquilo que mais se evidenciava na sua obra era «a paixão pela vulgarização dos conhecimentos de utilização imediata, tornando-o assim um verdadeiro apóstolo da educação da mulher do povo»."
(Fonte: garfadasonline.blogspot.pt/2010/04/o-tratado-completo-de-cozinha-e-de-copa.html)
                                           ..............
"No empreendimento de escrever este livro anima-nos o desejo de fazer alguma coisa util; não sendo profissionais, diligenciámos estudar os processos de modo que pudessemos descrevê-los com clareza e apresentar algumas noções que se não encontram noutros livros congeneres, e por isso esperamos que o trabalho seja acolhido com benevolencia da parte dos que estejam no caso de criticá-lo e a critica aceitá-la-êmos com prazer, pois servirá para que possâmos corrigir erros que nos passem despercebidos.
O nosso ideal seria que este livro pudesse ser considerado como uma obra d'estudo e que nos asilos o aproveitassem para a educação das criadas. Não é esta idea absolutamente praticavel, porque a alimentação das asiladas tem de ser muito economica; mas, para sustentar a escola, poderiam esses estabelecimentos, á semelhança do que se fazia noutros tempos nos conventos, trabalhar para o publico, fabricando doces e mesmo jantares completos."
(excerto do prólogo)
"Os conhecimentos d'arte culinaria são dos mais necessarios a uma dona de casa, quer seja ela propria a fazer a sua cozinha, quer possa dispôr de criados.
Só aos opulentos é dado o abdicarem a administração domestica em mordomos que os dispensem do trabalho de se ocuparem déla.
Nas classes médias a cozinha preocupa e com forte razão as senhoras, porque raras vezes os serviços satisfazem completamente, e muitas vezes estão privadas dêles.
A educação moderna das meninas não lhes permite tirarem-se facilmente de embaraços e, por isso, um tratado de cozinha claro deve considerar-se um livro indispensavel. Não é facil, nem é mesmo possivel, descrever todos os processos culinarios com bastante desenvolvimento para serem executados sem hesitações pelos inexperientes, e sem que falhem algumas vezes; mas, se o livro fôr suficientemente explicito, um pouco de pratica resolverá as dificuldades e supritrá as lacunas."
(excerto de Generalidades)
Matérias:
I - Generalidades. II - Algumas palavras ácerca de alimentos de origem animal e vegetal. III - Considerações sobre o cozinhado dos alimentos que se não comem crús. IV - Iguarias diversas. V - Dôces. VI - Café, Chá, Chocolate, Coca. VII - Conservas.
Diccionario. Posfacio.
Encadernação vulgar em meia de tela. Sem capas de brochura. Corte das folhas carminado.
Exemplar em bom estado de conservação. Folhas de rosto e anterrosto com mancha antiga de humidade e alvo de restauro ao longo da margem. Miolo correcto; páginas ligeiramente amarelecidas.
Invulgar.
Indisponível

Sem comentários:

Enviar um comentário